Labels

21 de jun de 2016

Se depender de mim, vou até o fim

Sim passou mais de dois anos e pela primeira vez estou escrevendo via celular, é  tempo passa. Mas o motivo parece ser quase o mesmo de sempre...

E a história se repete e o fim, se assim posso dizer e o mesmo. Parece figurinhas repetidas que não querem parar de aparecer... e ai eu não tenho explicação.

Serei breve pois tenho 5% de bateria pra escrever aquilo que desejo sem medo. Mas nem 100% da minha bateria iria ter tempo pra expressar aqui que sinto nesse exato momento. Achou que isso aqui ainda vai virar um livro. Até porque ninguém mais lê Blogger né meu caro amigo...

Pois bem até aqui já me sinto menos pior ou um pouco melhor... a situação é na trave e nada de volta olímpica.

Mas dessa vez vou pisar fundo até não suportar mais, vou até o fim, vou até a última gota, vou até o último suspiro. E un dia vou dizer: é...eu fiz e tentei!

E assim começa meu inverno... sem trocadilhos